Artigos Carnaval Cidade Comércio/Indústria Destaques Educação Esportes Eventos Música Piadas Política Sociedade Vídeos
você está em » Cidade
Data de Publicação: 24/03/2020
1905 – Essa é do tempo de Cerradinho (histórica)
Clique na imagem para ampliar

Foto de um carretão puxado por 14 bois com imensa tora retirada da Fazenda “Paulo Vieira” de propriedade de Antônio Augusto Ribeiro (Nogue). O carretão foi feito por Joaquim Maximiano Rodrigues que era carpinteiro e filho de Antônio Maximiano Rodrigues, um dos fundadores de Catanduva que em 1901, doou 10 alqueires de terras ao patrimônio de São Domingos de Cerradinho. Essa casa que era de Antônio Maximiano Rodrigues ficava na Rua Brasil, quase esquina com a Rua Minas Gerais, região da Destak Cener e a Modelar Calçados. Nossa cidade tinha até 1909, o nome de Cerradinho, quando passou para Vila Adolpho e em 1918, para Catanduva.  Foto e dados informativos obtido no arquivo do Museu “Padre Albino” Anexo a  2ª foto que é do Sr. Antônio Maximiano Rodrigues, considerado um dos fundadores de Catanduva.

 

VEJA TAMBÉM
2015 - Catanduva
Estação Meteorológica
2.000 - Castelinho abandonado (8 fotos)
1957 - Praça da República pelada
Avenida São Domingos (2 fotos)
Avenida Virgílio Mastrocola (3 fotos)
Estrada do Taboado
Copyright © Catanduva Cidade Feitiço