Artigos Carnaval Cidade Comércio/Indústria Destaques Educação Esportes Eventos Música Piadas Política Sociedade Vídeos
você está em » Sociedade
Data de publicação: 19/01/2014    |    Enviar por e-mail   |   Imprimir   |   Tamanho do Texto:     |   Compartilhar:    
Data de Publicação: 19/01/2014
1949 - Acidente Paulistinha

Texto de Luiz Carlos Mendes 
19 de janeiro de 2014 19:52

Era desse aeroclube que decolava o piloto Felix Rebollo, para dar voos rasantes em Vila Novais, onde eu morei até os 5 anos. Ele era amigo de meu pai, e com ele fiz meu primeiro voo, quase bebê ainda. Ele era abusado. Dizia para o meu pai que ia arrancar folhas da mangueira da nossa casa. E um dia parece que se excedeu, baixou tanto que bateu em cabos telefônicos (não tinhamos luz elétrica em Novais), embicando no chão da pracinha, bem perto da minha mãe, que me tinha no colo. Lembro até hoje do avião com o nariz amassado e do corpo do piloto no chão, o rosto coberto de sangue. Eu tinha 2 anos na época, mas me lembro perfeitamente da triste cena.

 

VEJA TAMBÉM
Família Ceneviva e Guzzo
1960 – Foto tirada em casamento
1959 - Simca Chambord (5 fotos)
João Amaral, pintor autodidata de Catanduva
Família Bróglia
1929 – Enterro do Sr. Joaquim Alves Figueiredo
1956 – Documento de cooperador benemérito
1976 – Reunião Social
1960 – Foto de casamento
1976 - Formatura de fisioterapia na PUC
Copyright © Catanduva Cidade Feitiço