Artigos Carnaval Cidade Comércio/Indústria Destaques Educação Esportes Eventos Música Piadas Política Sociedade Vídeos
você está em » Sociedade
Data de publicação: 24/08/2013    |    Enviar por e-mail   |   Imprimir   |   Tamanho do Texto:     |   Compartilhar:    
Data de Publicação: 24/08/2013
04.08.1974 – Carlos Machado e Dona Sinharinha Netto

04.08.1974 – Carlos Machado e Dona Sinharinha Netto

Na foto duas pessoas que marcaram época na cidade de Catanduva. De um lado Carlos Machado que chegou a Catanduva em 1919 e foi vereador de 1948 a 1951, 1951 a 1954, 1959 a 1962, 1963 a 1968, 1968 a 1972 e 1977 a 1982. Presidente da Câmara Municipal de 1965 a 1969 e Prefeito Municipal de 01/01/1955 a 31/12/1955. Trabalhou como telegrafista da EFA até 1929 e depois funcionário da Associação Comercial e Industrial onde se aposentou.  A partir de 1954 dirigiu os jornais “A Cidade”, “Catanduva Jornal Esportivo” e  a “Revista Feiticeira”, fundou os jornais “O Cometa” e em 1936 o “Catanduva Jornal”. Em 1975 recebeu o título de “Cidadão Catanduvense”. Assinava uma coluna no Jornal ”A Cidade” de nome “Fisco & Notinhas” e  depois no Jornal “O Regional” usando também  os nomes de “Ditos a Machado” e “Relembrando” que relatava os acontecimentos de Catanduva desde os seus primórdios e serve como base de pesquisa para quem estuda a nossa história. Era um defensor amoroso da “Cidade Feitiço” e pela sua vivência na política cunhou uma frase lapidar -  “Todos os políticos são farinha do mesmo saco”.

Do outro lado a Da. Iracema de Lima Bueno Netto (Dona Sinharinha Netto), que chegou a Catanduva em 25.02.1919 e no mesmo dia se casou com o advogado Renato de Bueno Netto e em 09/1919, sob a direção de Monsenhor Albino, organizou a primeira quermesse realizada as margens do Rio São Domingos. Fundou a Liga Feminina de Ação Católica em 1936 (atual Casa da Criança Sinharinha Netto) e foi presidente de 1936 a 1989, liderando por mais de meio século todos os movimentos de benemerência da cidade. Em 30/04/1965 doou para a Casa da Criança, dois terrenos localizados na quadra 65 do Parque Iracema. A foto é de 1974 quando recebeu o título de “Cidadã Catanduvense”, a primeira dada a uma mulher pela Câmara Municipal de Catanduva.

Pesquisa pessoal e livro A História de Catanduva de “A a Z”

VEJA TAMBÉM
1965 - Amigos
1951 – Restaurante “A Paulicéia
1953 – Funcionários do Banco do Brasil
2019 – Serviço de Radioterapia do Hospital do Câncer de Catanduva
1961- Cine Tropical
1970 – Foto na Praça Monsenhor Albino )Rua Brasil)
1963 – Rainha do Milho Regina Maria Thomé de Souza
1957 – Miss Catanduvinha (3 fotos)
1941 – Formação da Associação dos Odontologistas
1972 – Casamento de Hélio Clemente e Teresa Soto
Copyright © Catanduva Cidade Feitiço