Artigos Carnaval Cidade Comércio/Indústria Destaques Educação Esportes Eventos Música Piadas Política Sociedade Vídeos
você está em » Piadas
Data de publicação: 02/03/2013    |    Enviar por e-mail   |   Imprimir   |   Tamanho do Texto:     |   Compartilhar:    
Data de Publicação: 02/03/2013
"Sombra e água fresca"
Professor Geraldo Corrêa

(Professor Geraldo Corrêa)
  
     O funcionário era mesmo vadio. Vivia licenciando-se freqüentemente e não faltavam médicos a lhe fornecer atestados com os quais justificava o seu afastamento da repartição.
      Agora, desta vez, para dois meses de licença, precisava arrumar uma doença grave. Foi, pois, ao Dr. Cervantes. Doutor sinto-me muito doente. Temo estar tuberculoso.
     Cervantes examinou-o cuidadosamente e não se decidiu. Já conhecia as manhas do rapaz. Mas, e se realmente estivesse doente?
    Olha meu amigo. Vá ao Dr. Francisco Trentini e traga-me uma radiografia dos dois pulmões. 
      O cliente foi e voltou com a chapa. Cervantes examinou-o e concluiu apreensivo.
      Realmente, no pulmão esquerdo vejo uma grande sombra; e o direito, está cheio de água fresca. . . .

Extraído do livro “Minhas Piadas dos Outros” do professor Geraldo Corrêa, editado em 07/1956

VEJA TAMBÉM
BAR DO FUKUDA
"Sombra e água fresca"
1932 - Batricio (Patrício) da Luz
"Vá lá, você é amigo"
"Quentão - Boa Bebida"
Copyright © Catanduva Cidade Feitiço